AS PEDRAS CANTARÃO LOUVORES AO SENHOR JESUS

Olá tudo bem com você, meu irmão em Cristo Jesus, eu quero demonstrar em poucas palavras o quanto que nós  homens somos engraçados, veja bem nós nos consideramos um ser racional, no entanto abandonamos nossos filhos em latas de lixo, matamos bebes em nosso ventre para dizer que somos pessoas livres para escolher quem vive ou morre, alegamos que não temos condições de cuidar de outra vida e mesmo assim dizemos que cremos em Deus, eu te pergunto na verdade isso é crer em alguém ou em Deus, uma pessoa que não segue seus mandamentos, diz que crê em Deus como alto defesa para seus atos de covardia e pecado, tentando justificar os seus erros diante de uma sociedade que já não busca a palavra de Deus e que portanto não a conhece e sendo assim não conhece a Deus no seu filho Jesus Cristo o senhor que diz que até os pássaros eu não deixo faltar nada, quanto mais a vos que sois meus filhos, quando um homem se envolve com drogas ele é literalmente abandonado pelo estado e a sociedade tem medo dele por tanto não quer se envolver por não acreditar em sua recuperação a sociedade o abandona ela esquece da compaixão e da caridade, por isso eu fico pensando onde Jesus estaria hoje se estivesse vindo pela primeira vez, com certeza ele não estaria no meio daqueles que acreditam ser homens de fé como eu e você, mas em meio aqueles que são considerados como pedras em nosso caminho, estão pessoas boas que foram jogados abeira da estrada, eu falo pedras por que a algum tempo eu venho observando alguns moradores de rua e o que eu vejo é o seguinte meus fiéis irmãos na fé em Jesus Cristo.

É sabido que quando as pessoas passam por esses moradores de rua, ou eles não os enxergam, ou fingem não ver para não ter que se comprometer, ou compadecer da sua desgraça, mas para não sentir dor na consciência é melhor não ver, mas felizmente para eles Deus está nessas pessoas e nós não queremos olhar para sua dor, não queremos ver as suas feridas, nem mesmo velo carregar a sua cruz meu Jesus, por que temos medo de nos ferir ou até morrer, podemos alegar que temos uma boa desculpa, pois temos a nossa família para cuidar e cada um cuida da sua vida ponto, num gesto egoísta abandonamos Deus no irmão enquanto vamos todos os domingos nas igrejas, pregando a palavra de Deus sem amor no coração, sem caridade, nos colocamos como autoridades sem reconhecer antes que Deus vive na pessoa do irmão, então nós nos afastamos e se repete novamente na história da humanidade, nos tornamos como os Fariseus que preferem viver separados, por que nos consideramos pessoas melhores do que os outros só por que vivemos em comunidade, eu te digo que todas as vezes que agimos assim, é fácil enxergar em nós os hipócritas que não seguem a palavra de Deus, que não louvam o seu santo nome meu senhor, por que pala falta  em nós o seu amor, nos deixamos levar pelos costumes do mundo e nos distanciamos de  ti Jesus a cada dia .(  Mateus 6:25 Portanto eu digo: Não se preocupem com sua própria vida, quanto ao que comer ou beber; nem com seu próprio corpo, quanto ao que vestir. Não é a vida mais importante que a comida, e o corpo mais importante que a roupa?. Mateus 6: 26. Observem as aves do céu: não semeiam nem colhem nem armazenam em celeiros; contudo, o Pai celestial as alimenta. Não têm vocês muito mais valor do que elas?).

Para que você entenda onde eu quero chegar, vou te contar oque aconteceu ontem á noite dia 28/08/2018, eu e outras pessoas da igreja incluindo meu irmão e minha cunhada, fomos levar marmitas para os moradores de rua como de costume, nós fomos a um prédio abandonado próximo de um grande supermercado no centro da cidade de Foz do Iguaçu, nós paramos os carros e do lado de fora chamamos as pessoas que estavam dentro do prédio para virem até nós para buscar as marmitas, ali normalmente tem muita gente, mas naquele dia só havia um senhor acompanhado de um jovem que tem problemas mentais e que está abandonado com os moradores de rua que cuidam dele, então entregamos as marmitas a eles e aproveitamos para conversamos um pouco.

O tempo passou o suficiente para chegar mais dois jovens ,que vinham sorridentes agradecendo a refeição que chegara, eles ficaram muito contentes com as marmitas e agradeceram muito mesmo, mas para a nossa surpresa um deles perguntou, meus irmãos bem que vocês poderiam marcar uma tarde de louvor a Deus aqui com a gente, ele não precisou repetir para que o meu coração se encheu de alegria e eu fiquei muito contente com o convite dele para louvarmos a Deus e todos que nos acompanhavam concordaram com a ideia do louvor, foi com essa alegria que ficamos então de marcar a data da tarde de louvor ao nosso senhor Jesus Cristo então nos despedimos assim seguimos a nossa entrega de marmitas, neste dia me lembro também de um jovem que andava de muletas com bastante dificuldade no centro da cidade eu entreguei uma marmita para ele e quando eu ia me afastando ele disse sem saber que eu era um intercessor, por favor ore por mim nem que seja em pensamento, eu respondi ainda hoje orarei por você meu irmão ele me tocou e desde desse dia eu oro por ele sempre em pensamento e palavras para que Deus cuide dele. Neste mesmo dia passávamos pela avenida afim de encontrar os moradores de rua, foi quando eu vi do outro lado da avenida um senhor caído na calçada e do lado haviam pessoas comendo e rindo sentados em uma mesa em frente de uma lanchonete, eu notei que eles não estavam vendo ele e cheguei perto dele perguntei se ele já havia jantado, ele me disse que não, então repeti aceita uma marmita ele respondeu rapidamente que sim, como ele estava com os pés com algumas feridas eu disse fique tranquilo que eu trago para o senhor, busquei a marmita e entreguei para ele, as pessoas que estavam ali do lado ficaram com um olhar admirado, eu acredito que foi somente naquele momento que eles enxergaram aquele homem como pessoa e não como uma pedra que fazia parte da decoração da calçada, é tão triste isso ainda hoje eu fico imaginando que feridas eram aquelas e oque eu poderia ter feito a mais para ajuda-lo, essa é uma reflexão que eu tenho do por que as pessoas não querem se envolver, porém eu posso te dizer que da trabalho sim é cansativo sim, você gasta o seu tempo e na maioria das vezes o seu dinheiro, mas eu te digo que isso faz a minha vida valer a pena, valeu a vida ajudando vidas, da sentindo a vida isso é amor, é caridade, é fé, isso é crer em Deus que é pai e no seu filho Jesus Cristo.

Por isso eu quero que prestemos atenção, que se não lubrificarmos a pedra que somos cada vez mais ela vai ficar mais opaca e sem brilho da luz de Cristo por tanto sem vida, logo nós que estamos todos os dias na igreja não adoramos a Jesus como o senhor pediu, logo aquelas pessoas que estão jogadas a beira da estrada e que são tratadas como pedras em nossos caminhos, que quando topamos com elas achamos que é só para nos ferir, essas pedras que antes eram como pedras foscas sem brilho cantaram louvores ao santo nome de Jesus Cristo e se tornaram as pedras preciosas aos olhos do senhor Jesus nosso Deus.

Eu declaro que eu creio em Deus que é pai, no vosso filho o nosso senhor Jesus Cristo e no Espírito Santo.

Eu te pergunto, você crê em Deus?

 

Odenilson tem 41 anos e é casado, engenheiro civil, técnico em eletrotécnica, trabalha com manutenção elétrica em uma empresa de geração de energia elétrica como eletricista, católico e intercessor.este homem procura viver todos os dias para a sua fé em Jesus Cristo.

iluminado

Odenilson tem 41 anos e é casado, engenheiro civil, técnico em eletrotécnica, trabalha com manutenção elétrica em uma empresa de geração de energia elétrica como eletricista, católico e intercessor.este homem procura viver todos os dias para a sua fé em Jesus Cristo.

Deixe uma resposta